WeCreativez WhatsApp Support
Olá! Tem alguma pergunta? Contacte-me pelo whatsapp e responderei o mais breve possível.
Olá! Tem alguma pergunta?

O futuro dos museus: adaptar-se ou morrer

Atrás ficaram as procuras de horários ou das localizações para saber quando e como chegar aos museus da cidade que ias visitar na tua próxima viagem. A nova normalidade também desafiou o setor cultural e este aceitou o desafio através dos seus canais online, que o tornam mais acessível do que nunca. Albergam a responsabilidade de proteger as testemunhas, identidade e desenvolvimento da humanidade. Uma vez mais, estiveram à altura da evolução e as circunstâncias para atender ás exigências dos agora ciber-visitantes.

O Conselho Internacional de Museus (ICOM) nasce a mediados dos anos 40. A profissionalização de atividades, o aumento de conferências, o reforço das suas estruturas e a ampliação da sua presença geográfica, são os fatores que impulsionaram o seu crescimento. Esta associação advoga pela cultura através de redes globais e programas de cooperações formados por mais de 50.000 profissionais em 148 países.

Depois de várias décadas de dificuldades económicas e crises, o ICOM consegue estabilizar-se em 1994 e definir uma política de património vinculada à ideia de relacionar o desenvolvimento económico com fatores culturais. Comprometido com a investigação, conservação, continuação e comunicação à sociedade do património natural e cultural do mundo, presente e futuro, tangível e intangível. Atualmente, os seus esforços centram-se em reforçar a sua presença na Ásia e o património cultural imaterial.

Esta instituição celebra o Dia Internacional dos Museus (DIM) no dia 18 de Maio desde 1977. O seu objetivo é criar consciência sobre o valor dos museus no enriquecimento e compreensão de culturas, assim como fomentar a colaboração e o intercambio entre elas. Os eventos planeados celebram-se durante um fim de semana ou uma semana completa e contam com uma presença em mais de 150 países e territórios.

A ideia de celebrar o DIM surge na década de 50, quando a comunidade internacional dos museus se reúne para debater sobre museus e educação na “cruzada dos museus”. Este encontro impulsiona a ideia de criar um dia internacional que fomente a acessibilidade ao contexto cultural dos museus.

O slogan deste ano é “O futuro dos museus: recuperar e reimaginar”. Convida-se a que as salas de exposições e a profissionais a partilhar com otimismo as novas versões e soluções pelas que o mundo da arte aposta. A organização estabelece como principal objetivo a aposta pelos museus como impulsores da recuperação dos efeitos da COVID-19. Somam-se também objetivos de desenvolvimento sustentável como redobrar esforços para proteger e salvaguardar o património natural e cultural do mundo ou promover a planificação e gestão eficazes contra a alteração climática.

Este sector não foi exceção às regras impostas este duro último ano.  A pandemia não só influenciou as nossas interações com o mundo, mas também com as pessoas mais próximas e seres queridos, trabalho, organização, lazer…

A necessidade de evasão e de momentos de desconexão, unida aos esforços para uma digitalização que já se tinha iniciado, deram origem a novas formas de difusão cultural. Não é possível viajar, mas é possível atravessar o mundo desde o sofá e visitar os museus que nos despertam interesse.

Com a celebração do DIM, pretende-se transmitir uma mensagem de diversidade e cooperação entre culturas. As alterações impostas pela pandemia transformaram o panorama cultural, o qual se conseguiu adaptar com sucesso aos novos desafios digitais. Já em 2011 se tinham introduzido novidades como sócios institucionais, as páginas web ou os kits de comunicação, inovações que têm vindo a evoluir com o tempo.

No ano passado, apostou-se por celebrar o DIM com um evento de duas semanas no video-jogo  Nintendo Animal Crossing e este ano a informação, as publicações e as atividades inspiradoras que terão lugar em todo o mundo serão recolhidas nos hashtags #DIM2021 e #ofuturodosmuseus.

FORMAÇÃO RELACIONADA: Curso de Gestão Cultural

También puede interesarte…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Menu

Compartir esto con un amigo