WeCreativez WhatsApp Support
Olá! Tem alguma pergunta? Contacte-me pelo whatsapp e responderei o mais breve possível.
Olá! Tem alguma pergunta?

Influências psicológicas do Coaching

É comum pensar que o Coaching tem origem no âmbito desportivo ou no management. Contudo esta metodologia tem diferentes antecedentes, fundamentando-se em conhecimentos teóricos e práticos dependentes de, entre outros, da psicologia, da filosofia ou da educação.

Entre as diferentes influências psicológicas destacamos:

O cognitivismo

Trata-se de uma corrente psicológica dedicada ao estudo da cognição, que nasce como teoria de contraposição ao behaviorismo, a qual defendia que a cognição – a chamada caixa negra – não pode ser estudada.

O cognitivismo utiliza processos mentais para explicar o comportamento, dando ênfase à influência que o processamento da informação tem sobre o comportamento, afirmando que o indivíduo compara a informação nova com um esquema ou estrutura cognitiva pré-existente e as situações novas interpretam-se à luz daquilo que já se aprendeu. Por exemplo, os postulados silenciosos, como “devo triunfar em tudo e sempre” que representam interpretações pessoais da realidade que condicionam os comportamentos das pessoas.

O coaching tem em consideração os processos cognitivos: memória, perceção, atenção, raciocínio, criatividade, atribuições… e a capacidade do sujeito para processar a informação de acordo à sua própria iniciativa. Os processos de coaching partem da base de que qualquer pessoa tem liberdade, responsabilidade e autonomia para desenvolver esses processos cognitivos de forma consciente.

O processo do coaching ajudará a identificar, questionar e avaliar pensamentos e comportamentos para posteriormente redefinir os comportamentos e relações de forma mais eficaz e útil.

O enfoque sistémico

O enfoque sistémico procede de três grandes correntes: a teoria geral de sistemas, a cibernética e a teoria da comunicação.

Segundo a teoria geral de sistemas, cada elemento de um conjunto dinâmico está determinado pelo estado de cada um dos outros que o configuram. Assim, qualquer mudança num elemento do sistema afeta os outros elementos. Do mesmo modo, um mesmo efeito pode responder a diferentes causas já que existe uma interconexão entre os componentes de um sistema.

Da cibernética, a ciência que estuda o funcionamento dos sistemas, destaca o conceito de homeostáse, isto é, a autorregulação e manutenção de uma relativa constância entre o elemento e o seu entorno. Determina-se que qualquer comportamento de um membro de um sistema se transforma em informação para os outros, falando-se de feedback positivo ou negativo, em função de que as ações favoreçam ou dificultem a correção de ações.

Na teoria da comunicação, um dos seus principais representantes, Watzlawick, define a comunicação como “um conjunto de elementos em interação em que toda a modificação de um, afeta as relações entre os outros elementos”.

Para o coaching, o paradigma sistémico é essencial, uma vez que – ainda que por vezes se contemple a partir de uma perspectiva lineal simples –, o processo que se segue deve ser global e interativo. Assim, os elementos devem ser abordados de uma forma conjunta, pois devem ver-se como parte de um todo e, portanto, o objeto de estudo nos processos de coaching é o contexto no qual o indivíduo se desenvolve.

O enfoque humanista

O enfoque humanista destaca a importância da subjetividade e da experiência singular do indivíduo. O enfoque humanista constitui a terceira teoria mais representativa na psicologia, juntamente à psicanálise e ao behaviorismo.

Destacam as ideias de Roger: cada pessoa vive e constrói a sua personalidade a partir de certos objetivos, sendo o mais alto o de ser feliz, de autorrealização e a única forma de autorrealização é aceitar-se a si mesmo e mostrar-se aos demais e a si mesmo tal como é.

Assim, as teorias psicológicas humanistas, tal como o coaching, baseiam-se na importância de que o homem consiga os objetivos que se proponha, para o que toma as suas próprias decisões, partindo da base de que a pessoa pode decidir por si.

Psicologia emocional

A psicologia emocional é o ramo da psicologia responsável de analisar as emoções, de ver como estas afetam à qualidade de vida e à maneira de as controlar para alcançar o bem-estar.

A “emoção” é uma experiência multidimensional com, pelo menos, três sistemas de resposta: cognitivo/ subjetivo, comportamental/ expressivo e fisiológico/ adaptativo e, por tanto, o papel que jogam as emoções é essencial tanto no que se refere à perceção do contexto, como ao comportamento pessoal e ao seu desenvolvimento como pessoa.

As influências da psicologia emocional na prática do coaching são muitas, uma vez que, apesar de que o papel das emoções na tomada de decisões e na execução tenha sido menosprezado – tanto o bem-estar emocional, como o reconhecimento das implicações comportamentais das emoções próprias ou alheias, são essenciais para a criação de um âmbito relacional positivo.

A psicanálise

A teoria psicológica fundada por Freud, a psicanálise, constitui um método de investigação e tratamento das desordens psíquicas que, apesar de se centrar nos processos mentais inconscientes, influenciou no coaching através da utilização de duas das suas técnicas: a associação livre e a análise de transferência.

A associação livre utiliza-se nos processos de coaching quando o cliente fala livremente sobre as questões que o preocupam, tendo o coache uma atitude de escuta ativa e nunca de avaliação. O objetivo desta técnica é conseguir uma compreensão global da situação pessoal ou contextual objeto de mudança.

Por sua parte, através da análise e da interpretação, a psicanálise motiva o paciente para obter uma autorreflexão da influência do passado sobre o seu desempenho presente, capacitando-o para trabalhar através dos velhos conflitos no seu crescimento emocional e pessoal. Esta técnica, desde os processos de coaching, incide na necessidade de que o cliente tome consciência e dê sentido aos modos relacionais e aos comportamentos comuns na sua vida social, pessoal ou profissional.

También puede interesarte…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Menu

Compartir esto con un amigo